Arcebispo emérito

Tadeu Grings nasceu em Nova Petrópolis no dia 7 de setembro de 1936. Aos 18 anos, quando seguiria para estudar em Roma, foi providenciar o passaporte e só então descobriu que, por engano, em sua certidão de nascimento o nome que constava era Dadeus. "Não corrigimos o nome, porque nossa missão é dar Deus", afirma.

Estudou no Seminário Menor de São José, em Gravataí, e no Pontifício Colégio Pio Brasileiro - Universidade Gregoriana, em Roma. Foi ordenado sacerdote em 1961, em Roma, para a Arquidiocese de Porto Alegre. Foi vigário paroquial, pároco, reitor de seminário, professor, juiz do Tribunal Eclesiástico Regional até ser ordenado bispo em 1991, na Catedral Madre de Deus, em Porto Alegre, e tomou posse como terceiro bispo de São João da Boa Vista (SP).

Dom Dadeus exerceu funções na CNBB nacional e regional. Em 2001 ocorreu a passagem para arcebispo de Porto Alegre.  Doze anos depois, o Papa Francisco aceitou a renúncia e Dom Dadeus começou a atuar administrador apostólico até a posse de Dom Jaime Spengler e em seguida se tornou arcebispo emérito de Porto Alegre. Tem centenas de livros publicados e atualmente é vigário paroquial em Santo Antônio do Pão dos Pobres, na Capital. 

 
A verdade vos libertará
(Jo 8, 32)


Atuação
- Vigário paroquial da Paróquia Santo Antonio do Pão dos Pobres.